Seguidores

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Mais sarapintas

Mais um fim de semana e o mar a não dar tréguas, por momentos até ponderei ficar a afiar as fateixas. mas lá acabei por ir com o meu companheiro Lucas dar uma bicada.
O plano era dar com bailas e assim foi, cafezito matinal, conversa com fartura e lá estávamos nós junto ao mar, as feições não podiam ser melhores. Nasce então o dia e começa-mos a ver alguma agitação de peixe  nas ondas, e ao fim de alguns lançamentos já se faziam sentir na ponta da cana...
Basicamente foram duas horas sempre acção, perdemos a conta aos que  foram devolvidos.
Com a missão cumprida de-mos por terminada mais uma bela manhã de Spinning.




Abraço

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Olha o peixinho...

Boas, esta semana estava difícil de ir a faina mas lá consegui organizar a coisa e arranjei um tempinho.
O peixe já começou a fraquejar, e já  voltando tudo ao normal, mais pescadores do que peixe...lol...
Contudo tracei um plano e assim foi, chego ao pesqueiro e noto que o mar tinha um toque bem como uma cor que não é muito do meu agrado, mas como já lá estava avancei.
Inicialmente bati uma zona mista mas em vão, passei então a uma zona de areia, onde ia caminhando e lançando, até num raso se dá o primeiro ataque, peixe muito energético para a sua dimensão, colocado a seco verifico o que já tinha calculado, uma baila, vindo a confirma-se que era o meu record de tamanho de baila.
Investi um pouco mais por ali até fazer o caminho de regresso, com o mar a rebentar mais fora tive oportunidade de aventurar.me um pouco mais a frente numa pequena pedra ilhada, e parece ter escolhido o spot a dedo pois no primeiro lançamento devo de ter acertado exatamente na zona onde estava um robalo a caçar, de imediato atacou a amostra e após alguma luta lá lhe botei a mão.
Não foram peixe magníficos mas já me alegraram a manhã.




Abraço

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Os primeiros sinais primaveris

Este fim de semana foi apenas mais um dia para desanuviar o cérebro, o dia era de primaveril e o mar apresentava um toque mas como já pesquei com condições muito piores...este acabava por ser muito bom e lá fui eu... 
A chegada ao pesqueiro encontro um companheiro de lides que após pouco tempo ferra um peixe. Como o mar parecia ganhar mais jeito, aguentei-me mais um pouco até que o procurava deu sinais, e lá vai mais um robalo a puxar linha mar fora... com jeito lá veio até ficar a seco.
Da parte da tarde tinha duas hipoteces, ir dormir a sesta ou ir ver o mar,..eheheh... convidei o meu pai e lá fomos dar uma volta, como era passeio junto ao mar e eu até tinha a cana no carro acabei por a levar, onde fui brindado com um cachaço atrevido.



   
 Foto do peixe da manhã

Abraço

terça-feira, 7 de abril de 2015

Não existe uma hora certa...

Hoje fui fazer uma visita a alguns dos meus quintais, pois na Pascoa estive ausente, eu e o peixe, que pouco o nenhum sinal deu, mas como estava longe até correu bem...ehehehheh...
No primeiro quintal e apesar do mar estar uma maravilha o peixe não colaborou, nem um misero toque... parecia impossível.
Decidi fazer uma pausa, tomei o pequeno almoço e tratei de uns papeis.
Com a maré a encher visitei outros spots e a maravilha continuava, e o peixe???!!!!.... bem sem experimentar é difícil apanhar alguma coisa.
Eram 11:30h e com os olhos maravilhados de tais feições, fiz uma nova investida, e passados muitos lançamentos e já bastante frustrado, de mais uma aparente grade lá dei com mais um bom e bonito robalo. Inicialmente pareceu-me ser uma corvina visto não parar de levar fio, mas era apenas a combinação de um peixe de 2.4kg com a amostra cravada na vertical em relação a boca...como a ferragem foi efetuada bem fora, proporcionou uma excelente luta. 







                                       video



Abraço